O poder da palavra

“O poder da palavra não está unicamente no que se diz, mas nas
vibrações da voz. Nos Mistérios antigos, só se ensinava as
palavras mágicas aos discípulos que eram dignos de as conhecer e
capazes de as pronunciar. Segundo uma tradição, quando o homem se
apresenta perante os Juízes Supremos, estes ordenam-lhe: «Fala!»
Então, ele avança e diz: «Formas de eternidade, aqui estou!», e
imediatamente eles sabem como julgá-lo. Isto talvez não passe de
uma maneira imaginada de apresentar as coisas, mas, apesar disso,
tomai-a a sério. Quando, um dia, tiverdes de apresentar-vos
diante dos Juízes das almas, eles dir-vos-ão: «Fala!» E vós bem
podereis exprimir-vos com eloquência usando termos muito
escolhidos, mas não será a isso que os Juízes prestarão atenção,
porque eles sabem que a palavra é enganadora. Eles escutarão
unicamente o timbre da vossa voz, as suas vibrações. É a
sonoridade da vossa voz que lhes mostrará se aquilo que dizeis é
verdadeiro ou falso; é a autenticidade da vossa voz que vos
julgará.”

Omraam Mikhaël Aïvanhov –  www.prosveta.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s