Polyanna.”E se fosse com você?”

Polyanna.”E se fosse com você?” , upload feito originalmente por @luizzmendes.

“E se fosse com você? Polyanna, uma vida de amor e sonhos, silenciada pela violência”. Este é o apelo da campanha realizada pela família da publicitária Polyanna Borges Arruda, 26, morta no dia 23 de setembro de 2009, em um crime ainda não solucionado pela polícia. A campanha vem sendo realizada através de outdors instalados vários locais de Anápolis.

Pollyana desapareceu, no dia 23 de setembro, a caminho da Universidade Católica de Goiás (PUC), onde ministraria uma palestra para alunos do curso de Publicidade. No mesmo dia, a polícia encontrou o carro da jovem, parcialmente queimado, no Residencial Caraíbas, região norte de Goiânia. Os objetos pessoais da vítima, como notebook e bolsa, não foram levados.

Na noite do dia 24, o corpo de Pollyana foi encontrado em uma área do Residencial Humaitá, às margens do Córrego Caveirinha, também região norte da Capital. No local, a polícia encontrou cápsulas, supostamente de calibre 357 ou 38. A cena do crime indicava sinais de luta.

Anúncios